quinta-feira, 20 de abril de 2017

RS: Oficial de Justiça passa por momentos de tensão quando pai se arma com faca e tenta impedir busca e apreensão de menores

A Oficial de Justiça Fabiane Dutra Becker passou por momentos de tensão no cumprimento de um mandado de busca e apreensão de menores em situação de risco. Ela estava acompanhada de três policiais da Brigada Militar e dois conselheiros tutelares. Ao chegar ao local, por volta das 22h de quarta-feira, 22/03, os pais se negaram a entregar os menores e começaram as tratativas.

“Conseguimos retirar um dos menores, mas o outro ele(o pai) acabou pegando no colo, junto com uma faca. Começaram, então, as ameaças de matar todo mundo se tentassem levar o menor e de cortar fios de luz e atear fogo”, conta. De acordo com a Oficial, foi concedido reforço de efetivo pela Brigada Militar, que passou a atuar resguardando a segurança de todos. “O susto foi grande, mas tudo se resolveu dá melhor forma e eu já estou bem! Em cinco anos foi o caso mais tenso que enfrentei, mas o auxílio da Brigada Militar aqui é sempre efetivo! Ainda bem, pois sem o apoio policial seria inviável o cumprimento de alguns mandados”, afirma a servidora.

A ABOJERIS reitera a orientação de que a classe não cumpra medidas de alto risco, sem os equipamentos de segurança necessários, como colete à prova de balas, e o apoio prévio de Força Pública, preservando a segurança e a vida de seus quadros.

InfoJus BRASIL: Com informações da Abojeris

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente:

Postagens populares

Vídeos: FENOJUS

Loading...