quinta-feira, 8 de março de 2018

Oficialas de Justiça refletem sobre a carreira e exigem valorização

Apesar de muitas vezes desgastante, a profissão de Oficial de Justiça Avaliador pode ser muito recompensadora para aqueles que a exercem, pois é ela a responsável por levar o Poder Judiciário até a casa das pessoas, garantindo a sensação do dever cumprido e da justiça sendo feita. Na Semana da Mulher SINDOJUS/MG, conversamos com algumas colegas Oficialas a respeito de suas impressões sobre a carreira, suas motivações para estar na profissão e os avanços que ainda precisam ocorrer.

A Oficiala Josiane de Araújo, da comarca de Peçanha, tem a certeza de ter escolhido a carreira ideal. “É a profissão que eu amo. Eu não trocaria por outra coisa. Temos contatos com pessoas e histórias que ninguém conhece. Temos a oportunidade de fazer o bem a todo momento. A oportunidade de lidar com pessoas que são muito carentes – carentes de atenção, de serem bem tratadas, de serem ouvidas. O que eu tento fazer é passar o melhor da justiça pra eles, fazer com que confiem na justiça”, reflete.

Hoje aposentada, Maria Lúcia Dantas de Avelar atuou como Oficiala de Justiça na comarca de Belo Horizonte por 21 anos. “Eu gostei muito da carreira de Oficiala. Aprendi muita coisa, é como uma escola. É preciso ser inteligente e ter jogo de cintura para lidar com as pessoas, às vezes até com um pouco de Psicologia, senão fica muito difícil. Acho que nós mulheres nos saímos muitas vezes até melhor que muitos homens, porque a gente é mais perseverante, mais firme e até em alguns momentos mais responsável”, diz.

Edilene Vasconcelos Rezende, Oficiala em Patos de Minas, explica o que a motivou a ingressar na carreira inicialmente: “Porque gosto de conversar com pessoas, o serviço propicia este tipo de interação a todo momento. No dia a dia temos a oportunidade de conversar com inúmeras pessoas em situações difíceis, que pelo simples fato de serem ouvidas, já ficam um pouco mais aliviadas. Ouvir as pessoas nos traz experiências e aprendizados imensuráveis. Certa vez, uma senhora conversou comigo longamente e ao final me disse: ‘sei que você não pode resolver meu problema, mas você me escutou’. Temos um papel muito importante na sociedade e a forma com que fazemos nosso trabalho pode trazer mais conforto para as pessoas”.

Ainda que as Oficialas demonstrem grande admiração pelo exercício da profissão, a demanda por melhorias é latente. “O meu maior desejo dentro da carreira de Oficiala de Justiça é ver a valorização do nosso trabalho pelo TJMG, com a aprovação do nível superior para nosso cargo, a categoria ter acesso a cursos de treinamentos e atualizações. Sou muito grata por temos um Sindicato atuante em defesa dos nossos direitos, para, assim, sermos melhores remunerados, tanto o salário, quanto os valores das diligências, para que possamos trabalhar com mais qualidade e dessa forma servir melhor à sociedade”, diz a Oficiala Eliane do Carmo Nascimento, da comarca de Betim.

“A falta do porte de arma para a categoria é outra situação que agrava ainda mais nossa insegurança no dia a dia. Vamos aos locais, muitas vezes levar notícias ruins para as pessoas, não vamos lhes oferecer flores e as reações das pessoas nem sempre são amistosas”, completa a Oficiala Edilene. Ela também confere grande importância à luta da categoria pela Jornada Legal: “Trabalhamos inúmeras vezes fora do horário de expediente normal, qual seja, de 12h às 18h, em finais de semana por nossa própria iniciativa, com o intuito de prestar um bom trabalho e encontrar as pessoas. Todavia não temos reconhecimento desse trabalho fora do horário, o que, inclusive, foi o motivo desencadeador da greve pela Jornada Legal”.

“Sem dúvidas, a principal demanda da carreira é a valorização da categoria, que é o que a gente vem lutando com a greve. Eu sou delegada aqui na minha comarca e graças a Deus consegui convencer 3 dos meus 4 colegas a aderirem à greve”, relata a Oficiala Josiane, de Peçanha.

O SINDOJUS/MG acredita na força das Oficialas de Justiça para mudar a realidade de nossa profissão, com cada vez mais conquistas para o oficialato mineiro. Reforçamos aqui a necessidade de que nossas colegas sejam sempre ouvidas, respeitadas e consideradas peças-chave para os avanços de nossa categoria.

Unidas e unidos somos mais fortes!

InfoJus BRASIL
Fonte: Sindojus-MG

7 comentários:

  1. I really appreciate the kind of topics post here. Thanks for sharing us a great information that is actually helpful. Good day!
    Melatipoker
    Judi Domino
    Agen Poker
    Situs Ceme
    Melatipoker
    Agen Bandar66
    Link Bandar66

    ResponderExcluir
  2. Hello, Nice, this is very impressive blog post. I read this,
    Get good information and very amazing it. So many people like and me
    Judi Domino
    Agen Poker
    Situs Ceme
    Melatipoker
    Judi Domino
    Melatipoker

    ResponderExcluir
  3. must say that overall I am really impressed with this blog. It is easy to see that you are passionate about your writing. If only I had your writing ability I look forward to more updates and will be returning
    Melatipoker
    Situs Ceme
    QQ Online
    Daftar Melatipoker
    Link Melatipoker
    Agen Poker
    Situs BRI 24 Jam

    ResponderExcluir

Comente:

Postagens populares

Vídeos: FENOJUS

Loading...