sábado, 8 de julho de 2017

Oficiais de Justiça da Paraíba aprovam contas de Sindicato e filiação à Federação

Reunidos em Assembleias Geral e Extraordinária realizadas nesta sexta-feira, Oficiais de Justiça de todo o estado aprovaram, à unanimidade, as contas do exercício financeiro de 2016 do Sindojus-PB. A entidade, que prima pela transparência e otimização das contribuições dos filiados, disponibiliza em seu site os balancetes, que dimensionam o equilíbrio financeiro alcançado na atual gestão.

Reunidos em Assembleias Geral e Extraordinária realizadas nesta sexta-feira, Oficiais de Justiça de todo o estado aprovaram, à unanimidade, as contas do exercício financeiro de 2016 do Sindojus-PB. A entidade, que prima pela transparência e otimização das contribuições dos filiados, disponibiliza em seu site os balancetes, que dimensionam o equilíbrio financeiro alcançado na atual gestão.

Nesse contexto, o diretor financeiro Manoel Cathuyte, atribuiu esse equilíbrio do corte de gastos em produtos, serviços e devolução de carros locados, cujo maior reflexo pôde ser sentido através da aquisição de recente, moderna e funcional sede administrativa, que gerou economia mensal de locação de quase dois mil reais.

“Essa série de medidas nos permite efetuar os pagamentos rigorosamente em dia e ainda contarmos com um superávit financeiro hoje de aproximadamente 320 mil reais”, afirmou, lembrando que, por ocasião das viagens de trabalho ao interior do estado, os diretores utilizam seus próprios automóveis, a exemplo dele próprio, responsável pelas compras de material de expediente e de limpeza para funcionamento da sede.

Filiação à Fojebra

Também à unanimidade foi aprovada a filiação à Federação das Entidades Representativas dos Oficiais de Justiça Estaduais do Brasil com a indicação de membros da diretoria como delegados para a Assembleia Geral da Fojebra, durante discussão que ocorreu de forma tranquila, onde foram observados todos os pontos propostos pela diretoria do Sindojus-PB.

“A filiação vem no momento importante, onde se discute a reestruturação da Fojebra, daí porque não temos dúvidas que a Paraíba pode e deve dar significativa contribuição à luta da categoria em nível nacional”, destacou o presidente Benedito Fonsêca.

A Mesa dos Trabalhos foi composta pelos diretores-presidente Benedito Fonsêca, Noberto Carneiro (Mobilização e Imprensa), Manoel Cathuyte (Financeiro) e Diarley Jon.

InfoJus BRASIL: com informações do Portal PBNews

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente:

Postagens populares

Vídeos: FENOJUS

Loading...