quinta-feira, 7 de novembro de 2019

Oficial de Justiça apreende computadores e documentos de vereadores na Paraíba

A determinação aconteceu após audiência de custódia realizada nesta quarta-feira (6). 

O Oficial de Justiça Joselito Bandeira Vicente, do Tribunal de Justiça da Paraíba, com apoio da Polícia Militar realizou uma operação na Câmara Municipal dos vereadores da cidade de Santa Rita, na Grande João Pessoa, nesta quinta-feira com a finalidade de apreender alguns computadores e documentos dos gabinetes dos políticos.

Em entrevista à imprensa, o Oficial de Justiça Joselito Bandeira explicou: "O material será levado para a Delegacia de Combate e Repressão ao Crime Organizado, na Central de Polícia", informou.

De acordo com Joselito, a determinação judicial também exige o recolhimento de documentos atrelados a contas.

A Justiça determinou que os onze vereadores da cidade que foram detidos na Operação Natal Luz devem responder o processo em liberdade. A decisão foi da juíza Maria dos Remédios, da 2ª Vara Mista da Comarca do município, após audiência de custódia realizada na noite desta quarta-feira (6), no Fórum Juiz João Navarro Filho.

Também foi decretada a busca e apreensão de todos os computadores da Câmara Municipal de Santa Rita e que durante o processo, está proibida a participação dos vereadores em seminários, congressos e pagamento de diárias.

De acordo com as investigações, eles são suspeitos de forjarem um congresso para justificar o deslocamento para a cidade de Gramado com o uso de dinheiro público. 

Confira a entrevista com o oficial de Justiça:


InfoJus Brasil: Com informações do Portal T5

Um comentário:

Comente:

Postagens populares