terça-feira, 4 de novembro de 2014

Sem endereço para citar parte, Oficial de Justiça diz que não fez curso de adivinhações

Bacharel em adivinhação

Oficial de Justiça de Campina Grande/PB criticou a ausência da informação no mandado e na inicial.

Oficial de Justiça de Campina Grande/PB criticou a ausência da informação no mandado e na inicial.Exercer a nobre atividade de oficial de Justiça tem se tornado tarefa cada vez mais árdua. Além das habituais qualificações, agora, aparentemente, também é necessário que o meirinho tenha "curso de adivinhações". Ao menos foi o que constatou um servidor de Campina Grande/PB ao se deparar com a desafiadora incumbência de citar réu em um processo sem o endereço.

Confira a íntegra do documento.


Processo: 0003630-86.2013.81.5.0011

InfoJus BRASIL: Com informações do site Migalhas

11 comentários:

  1. Huahuahuahua, muito bem!!!

    ResponderExcluir
  2. Sou Oficial de Justiça, na Bahia e desde quando assumir o cargo de Oficial eu já informava aos colegas, que eu não era DETETIVE, para localizar pessoas com endereços errados.

    ResponderExcluir

Comente:

Postagens populares

Vídeos: FENOJUS

Loading...