segunda-feira, 11 de junho de 2018

“Há locais que não conseguimos entrar”, denuncia presidente eleito do Sindicato dos Oficiais de Justiça do Ceará

O presidente eleito do Sindicato dos Oficiais de Justiça do Ceará (Sindojus), Vagner Venâncio, cobrou mais segurança para os oficiais de Justiça trabalharem no Estado. Em entrevista à edição desta segunda-feira, 11, do Jornal Alerta Geral (Rádio FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza + 24 emissoras no Interior), Vagner falou sobre a insegurança que ronda a profissão na Grande Fortaleza. Os oficiais são responsáveis por entregar mandatos e intimações judiciais aos cidadãos. “Há locais que não conseguimos entrar”, alertou Venâncio.

Com posse marcada para o dia 4 de julho, o presidente eleito do Sindojus afirmou ainda que a preocupação principal é com o desempenho das atividades em áreas consideradas mais violentas na Grande Fortaleza. Em determinadas regiões, conforme Vagner Venâncio, os servidores do Judiciário – que usam os próprios carros para entregar os mandados de citação –, enfrentam dificuldades para entregar as intimações.

Vagner anunciou que o Sindicato já está solicitando uma nova audiência com o secretário de Segurança Pública, André Costa, para discutir medidas que deem mais proteção aos oficiais de Justiça. Outra preocupação, de acordo com o presidente eleito, é com o déficit no número de oficiais de Justiça. Hoje, segundo ele, o Ceará precisa de mais 71 oficiais para que as demandas sejam devidamente cumpridas.

Confira no player abaixo a entrevista completa com o presidente eleito do Sindojus, Vagner Venâncio:


InfoJus BRASIL: Com informações do Portal Ceará Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente:

Postagens populares

Vídeos: FENOJUS

Loading...