segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Oficiais de Justiça do Acre não mantêm greve e atuam normalmente

Da redação ac24horas 23/11/2016 10:29:19


Os oficiais de Justiça do Acre não aderiram à greve dos servidores do Poder Judiciário, movimento que já completou um mês de deflagração. Com isso, as intimações e notificações judiciais seguem sendo feitas normalmente. Os servidores afirmam que a pauta dos trabalhadores em greve não os atende em nenhum quesito.

Na verdade, os oficiais entraram no movimento, mas não durou nem uma semana a permanência deles. Com a saída deles do grupo grevista, o movimento ficou parcialmente enfraquecido, mas se mantém há quase 50 dias, sem suspensão. Juízes e desembargadores não fazem parte dos servidores que cruzaram os braços.

Para a diretora-jurídica da Associação dos Oficiais de Justiça (ASSOJAC), Pollyanna Faria, é legítimo o direito de greve dos demais trabalhados do TJ, contudo, a classe não vai permanecer no movimento. “As reivindicações do sindicato não contemplam aos nossos interesses. Nós respeitamos e esperamos bons resultados aos servidores que estão em greve”, justifica.

Vale lembrar que após três anos de espera do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCR), como folga em dobro, gratificação por atuar como conciliador ou por ministrar cursos em programas de capacitação, os servidores do Tribunal de Justiça do Acre (TJ-AC) deflagraram greve por tempo indeterminado no dia 10 de outubro.

Os demais servidores em greve querem pactuar com a Presidência do TJ-AC pontos que ficaram de ser regulamentados em 2013, mas foram esquecidos. Os profissionais pedem ainda majoração do benefício de auxílio saúde em R$ 600 e ainda aumento no valor de diárias de deslocamento de servidores.

InfoJus BRASIL: Com o portal Acre 24 Horas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente:

Postagens populares

Vídeos: FENOJUS

Loading...