sexta-feira, 30 de junho de 2017

Diretores de sindicatos e associações representantes de Oficiais de Justiça visitam a sede da Taurus no Brasil

Na visita foi confirmada a participação da Taurus do Brasil no Encontro Nacional dos Oficiais de Justiça (Enojus) nos dias 19 e 20 de outubro de 2017 em Belém

Diretoria do Sindicado dos Oficiais de Justiça do Pará (Sindojus-PA), do Amazonas (Sindojus-AM) e da Associação dos Oficiais de Justiça do Rio Grande do Sul (Abojeris), participaram, nesta quinta-feira (30/06) de uma reunião na sede da Taurus em São Leopoldo-RS.

O objetivo da reunião foi buscar junto a empresa cursos e participação no IV Encontro Nacional dos Oficiais de Justiça (Enojus) que será realizados nos dias 19 e 20 de outubro deste ano em Belém (PA), através de exposição de stand.  Na oportunidade foi confirmada a participação da Taurus do Brasil no Enojus.

Os diretores sindicais foram recebidos pelos diretores da multinacional Jorge e Eduardo Minguelle. Após as explanações, os diretores da Taurus colocaram-se à disposição das entidades representativas dos Oficiais de Justiça e apresentaram a linha de montagem de armas aos visitantes.

InfoJus BRASIL: Com informações do Sindojus-PA

11 comentários:

  1. O que adianta se não conseguimos o porte.

    ResponderExcluir
  2. Penso diferente do colega acima, acho uma excelente estratégia, pensar mais além, captei a ideia, muito boa, pois a taurus exerce grande influência no congresso nacional. Contar com o apoio da empresa taurus foi estratégia brilhante dos colegas sindicalistas. Parabéns !!

    ResponderExcluir
  3. Concordo com os dois mas, realmente, temos que conseguir o porte.

    ResponderExcluir
  4. Boa noite!
    As notícias acerca da pistola taurus, embora a taurus tenha se manifestado foi apenas um lote q teve problemas, não são muito boas, e todo o cuidado é pouco na hora de adquirirmos uma arma. Sou partidário e irei comprar uma glock, só estou no aguardo do bendito porte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As pistolas da taurus que mais apresentaram falhas, foram as de polímero, especificamente as de modelo .40 (PT 940) e algumas 380 (pt 838 e pt 638), já as que são de aço puro/alumínio são "menos propensas" a falhas (pt 58 hc plus, pt 100, pt 938).

      Excluir
    2. Digo, modelo Pt 840 (calibre 40)

      Excluir
  5. Dino, passou da hora de gente retomar o esforço no CN sobre o PL do porte, a fenojus tem q alinhar com a fenassojaf um calendário de visitas e audiências, chamando a base pra ir tbm senão o negócio não anda. Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esta empresa tem em seu histórico fabricar armas do tipo pistola .40 com graves defeitos. Perícias foram feitas e comprovadas. Estão entre as piores armas fabricadas no mundo.Caso ainda estiver na ativa até e se um dia realmente tivermos a lei do porte de arma sem dúvida de que farei aquisição de uma glock. A melhor de todas. A Taurus é fabricante de armas desde o século passado e parece que nao aprendeu a fazer uma pistola de verdade em pleno século XXI. Falta-lhe competência, qualidade e vocação .

      Excluir
  6. Aposentadoria especial está sendo esquecida em detrimento ao facinio de se obter uma arma de fogo. Até quando esta categoria suicida de servidores que pagam pra trabalhar todos os dias no país distribuindo a justiça sempre sozinhos e sem arma para a sua defesa, entre bairros perigosos e areas rurais terá um pouco de dignidade?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aposentadoria especial nessa conjuntura é ilusão, não podemos abandonar mas o porte de arma é muito mais factível de se alcançar nesse momento e daí sim poderíamos nos concentrar na aposentadoria especial. Eu não vejo como fascínio até pq aqueles que realmente querem conseguem de maneira até mesmo administrativa.

      Excluir

Comente:

Postagens populares

Vídeos: FENOJUS

Loading...