quinta-feira, 24 de julho de 2014

Eliana Calmon participa do 1º Seminário dos oficiais de Justiça da Bahia

A ex-ministra do STJ e ex-Corregedora Nacional de Justiça, Eliana Calmon, falou da importância do oficial de Justiça no sistema judiciário.

Nesta quarta-feira (23/07), no Auditório da Associação dos Funcionários Públicos da Bahia (AFPEB), localizado no centro de Salvador/BA foi realizado o 1º Seminário dos Oficiais de Justiça da Bahia, que contou com a participação de dezenas de oficiais de Justiça baianos e também de outros estados do Brasil que lotaram o auditório para ouvir a palestra da ex-ministra Eliana Calmon e demais palestrantes.

Eliana Calmon defendeu a valorização da categoria dos oficiais de Justiça e falou da importância do trabalho desses servidores para dar efetividade às decisões judiciais. A ex-ministra disse que "os oficiais de Justiça são os pés e as mãos dos Juízes" e vão onde os magistrados geralmente não vão. Quanto à PEC 414/20143 (PEC dos oficiais de Justiça) disse que no momento "não venderia essa ideia" pois tal PEC cria uma nova entidade e nos dias atuais tal medida encontra muita resistência.

Participaram também, como palestrantes, os Coordenadores Nacionais da Fojebra, Vander da Costa (Presidente do SINDOJUS/MG)  e Argentino Dias (Vice-Presidente do SINDIOFICIAIS/ES), o Presidente do SINDOJUS/PA Edivaldo Lima, Asmaa Abduallah (Vice-Presidente do SINDOJUS/PA), Francisco A. Filho (Oficial de Justiça Avaliador Federal e Professor de Direito Público) e Jonathan Porto Galdino do Carmo (Diretor do SINDOJUS/MG). A condução dos trabalhos ficou sob a responsabilidade do Presidente da AOJUS/BA, Itailson Farias da Paixão.

Durante o evento foi distribuído material impresso para orientar e apoiar os oficiais de Justiça no cumprimento de suas atribuições.

O seminário foi promovido pela Associação dos Oficiais de Justiça do Estado da Bahia (Aojus/BA), com apoio da Federação Sindical dos Oficiais de Justiça do Brasil (Fojebra) e foi um sucesso total, ficando o auditório lotado das 09 horas da manhã até o final do evento, às 17:00 horas. Os participantes receberam certificados.

3 comentários:

  1. Eliana Calmon é contra a PEC dos oficiais, pois mesmo não sendo mais corregedora nacional, ainda é magistrada e nessa horas prevalece o corporativismo da categoria, e não quer abrir mão de parcela de poder em favor dos oficiais de justiça, pois deseja que os mesmos permaneçam na mesma situação de submissão total aos juízes. Não contem com o apoio dela, discursso de típicos falsos moralistas da alta cúpula do judiciário.

    ResponderExcluir
  2. Eliana Calmon agora defende e apoia tudo e todos, pois está como candidata à Senadora da Bahia, sabe-se que sempre foi contrária à categoria dos Oficiais de Justiça. Admiro muito esses sindicatos ainda servirem de palco para a candidata eliana calmon. Devem te recebido apoios.....

    ResponderExcluir
  3. A ex-ministra foi muito honesta e sincera ao afirmar que “não vende a idéia da PEC”. Se fosse desses políticos tradicionais, diria que nos apoiaria para o que der e vier e depois não faria nada. Se eleita certamente será importantes para alguns pleitos da categoria dos oficiais de Justiça. Não sou baiano e não voto na Bahia.

    ResponderExcluir

Comente:

Postagens populares

Vídeos: FENOJUS

Loading...