segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Oficial de Justiça é condenado por cobrar "ajuda combustível" em Cuiabá

Ele utilizava o telefone de seu irmão para negociar os valores com as partes interessadas no processo

LEONARDO HEITOR 
Da Redação

Um oficial de justiça de Cuiabá foi condenado a três anos de prisão por corrupção passiva. Segundo a Justiça, Josenil Jesus dos Reis cobrava uma "ajuda financeira" que seria de R$ 20 para o cumprimento de mandados. A sentença foi dada pela juíza Selma Rosane dos Santos Arruda, da Sétima Vara Criminal de Cuiabá.

Segundo a sentença da magisstrada, Josenil utilizava o telefone de seu irmão para negociar os valores com as partes interessadas no processo. Na decisão, a juíza destaca que o próprio oficial de Justiça confessou que o conteúdo das conversas referia-se ao "pagamento da ajuda de custo no combustível".

Ele destacou que era muito comum no interior dos juizados o auxílio da gasolina pela parte interessada do processo.

Como a condenação é inferior a quatro anos, a pena de prisão foi convertida em prestação de serviços à comunidade, já que o mesmo é réu primário e que não possuía antecedentes criminais. Josenil prestará serviços à comunidade, sendo uma hora de tarefa por dia de condenação, durante oito horas por semana, de modo a não prejudicar a sua jornada normal de trabalho.

Ele também terá que ficar em casa nos finais de semana, nos sábados e domingos das 23:00 horas às 06:00 horas, durante todo o período da pena.

InfoJus BRASIL: Com informações do Portal "Folha Max"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente:

Postagens populares

Vídeos: FENOJUS

Loading...