terça-feira, 30 de outubro de 2012

Oficial de justiça sofre atentado ao cumprir mandado na Paraíba


 
Dono de veículo apreendido disparou contra oficial.
Ocorrência foi registrada no bairro Bessa, em João Pessoa.

Após veículo ser rebocado, dono disparou contra o oficial de justiça, no Bessa em João Pessoa


Um oficial de justiça sofreu um atentando no momento em que cumpria um mandado de busca e apreensão de um veículo, no bairro do Bessa, em João Pessoa, na manhã desta terça-feira (30). De acordo com Gilvandro Inácio da Silva, ele cumpria o mandado quando o dono do veículo em questão resistiu à entrega do carro, e disparou duas vezes contra o oficial de justiça e o reboque que realizava a retirada da caminhonete. O suspeito de disparar contra o oficial fugiu do local em um outro veículo.

Gilvandro Inácio explicou que o dono do veículo tomou a atitude de disparar contra o reboque quando viu seu carro sendo levado. “Era um mandado simples, que a gente cumpre todos os dias, e aconteceu este imprevisto. É a primeira vez que isso aconteceu comigo. A gente se chateia porque ao perceber como a função do oficial de justiça é espinhosa. A reação dele foi depois que a gente colocou o carro no reboque, colocou em risco a minha integridade e das outras pessoas que estavam no local”, comentou o oficial de justiça. Ainda conforme o Gilvandro Inácio, a prestação da Ford Ranger estava atrasada desde fevereiro deste ano.

Segundo a Polícia Militar, o dono do veículo apreendido usou uma arma de uso exclusivo das Forças Armadas, uma pistola ponto 45. Ainda segundo a PM, nenhum dos envolvidos ficou ferido. Rondas estão sendo feitas em busca do suspeito, que segundo informações repassadas à polícia, fugiu do local com a ajuda de um filho.

Foram encontrados na residência do suspeito uma moto e pertences pessoais. A polícia irá encaminhar a ocorrência para a Polícia Civil, que decidirá se os pertences encontrados na casa do suspeito serão recolhidos para investigação. Até as 11h30 desta terça nenhum suspeito havia sido preso.

Fonte: G1 / GLOBO.COM

4 comentários:

  1. Que Justiça a sociedade brasileira deseja? Os profissionais que levam na prática a justiça ao cidadão, como os Oficiais de Justiça Avaliadores, Analistas Judiciários executores de mandados, peritos e outros servidores, precisam de segurança para atuar, sem burocracia para possuir ou portar uma arma para defesa se desejar, e uma lei que órgãos de segurança tem o dever de apoiá-los quando solicitado, sob pena de responsabilidade.Quando isso vai acabar? O que as autoridades estão aguardando? Morrerem mais quantos?

    ResponderExcluir

Comente:

Postagens populares