sábado, 27 de outubro de 2012

Santa Catarina: Defensor acusado de ameaçar juiz

Prisão de advogado: Nenhum oficial de justiça sofreu ameaça

Defensor, acusado de ameaçar seu sócio, um juiz e um delegado de Braço do Norte, segue detido.

O advogado de 46 anos, acusado de ameaçar de morte seu sócio, um juiz e um delegado de Braço do Norte segue detido na guarnição da Polícia Militar da cidade. Ele foi preso nesta semana em uma clínica psiquiátrica em Florianópolis. O defensor responderá por denunciação caluniosa e coação no curso do processo.

Ao contrário do que se acreditava, a oficial de justiça da comarca não chegou a ser ameaçada pelo advogado, conforme noticiado nesta quinta-feira.

Há dois meses o acusado começou passou a enviar mensagens eletrônicas para profissionais que atuam na área da segurança pública. Nos e-mails, ele escreveu que mataria seu sócio, um outro advogado, porque ele o enganava.

O defensor também anunciou que mataria o juiz Pablo Vinicius Araldi, pois o magistrado não dava atenção aos seus processos. Um mandado de apreensão foi cumprido em sua residência, onde foram encontradas munições de calibre 22 e 38.

A partir daí ele passou a ameaçar o delegado responsável por cumprir a ordem judicial. O advogado está em uma cela especial da guarnição da PM. Ele já responde inquérito por estelionato, apropriação indébita e tentativa de homicídio.

Fonte: http://www.notisul.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente:

Postagens populares

Vídeos: FENOJUS

Loading...