segunda-feira, 2 de julho de 2012

Suspeito de matar oficial de Justiça volta atrás e afirma que os dois estavam sozinhos em motel

Antes, o suspeito Omar Teixeira Júnior havia afirmado que um casal acompanhava os dois no motel

O suspeito da morte do oficial de Justiça Daniel Norberto da Cunha, Omar Teixeira de Aguilar Júnior, voltou atrás e afirmou estar sozinho com o oficial no motel onde foram vistos juntos. A informação é do delegado de homicídios Frederico Abelha, responsável pelas investigações do caso.

Antes, Júnior havia afirmado que dentro do carro do oficial também estaria um casal, que supostamente chantageava Cunha com informações sobre sua orientação sexual. Apesar disso, as imagens cedidas pelo motel mostram apenas Júnior saindo do local, dirigindo o carro da vítima.

Reconstituição

A Polícia Civil realizou, na manhã de quarta-feira (27), a reconstituição do crime contra o oficial de Justiça Daniel Norberto da Cunha, encontrado morto no último dia 28 de maio. O objetivo foi esclarecer os fatos que envolvem a morte do servidor e descobrir outros detalhes sobre as contradições que envolvem a versão do garoto de programa Omar Teixeira de Aguilar Júnior, suspeito de ser autor do crime.

Em um primeiro momento, Júnior foi levado até a avenida João César de Oliveira, em Contagem, na região metropolitana de BH, onde o corpo da  vítima foi encontrado dentro de seu carro. O suspeito negou ser o autor do homicídio e apontou o envolvimento de um casal na morte do oficial de Justiça.

O desaparecimento do oficial foi relatado no dia 24 de maio, e seu corpo foi encontrado quatro dias depois, em avançado estado de decomposição, dentro de seu veículo, em frente a uma concessionária de carros na avenida João César de Oliveira. Câmeras de segurança da concessionária mostram o garoto de programa abandonando o carro e fugindo do local.

Fonte: R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente:

Postagens populares

Vídeos: FENOJUS

Loading...