quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

GOIÁS: Palestras encerram curso de capacitação para oficiais de justiça do TRT-18

 
Palestras trataram da segurança do oficial de Justiça
 
O curso semipresencial Capacitação para Oficiais de Justiça Avaliadores Federais, promovido pela Escola Judicial do TRT-18, que começou no dia 22 de outubro de 2012, foi finalizado na manhã desta quinta-feira, 17 de janeiro, com palestras do Major da Polícia Militar Edsson Cândido Ribeiro e da psicóloga Marina Cançado, relacionadas à segurança do oficial de justiça.

O coordenador geral do curso, Juiz Édson Vaccari, agradeceu a oportunidade de debater com os cursistas pelo ambiente virtual e de conhecer as agruras que os oficiais do Tribunal passam no cotidiano do serviço. Para ele, o feedback dos alunos foi muito importante.

O major Edsson Ribeiro, que é especialista em Segurança Pública e Execução Penal, proferiu a palestra Identificação de Potenciais Riscos à Integridade Física do Oficial de Justiça. Segundo ele, não existe nada cem por cento seguro para proteger o oficial, mas pode-se utilizar técnicas e processos para reduzir os riscos no trabalho de campo, principalmente nas conduções coercitivas.

O Major também destacou a importância, na execução de mandados, principalmente nos casos de penhoras e arrestos, de se fazer um estudo prévio da situação para que se possa buscar auxílio policial, caso necessário. Ele citou uma máxima muito usada na aeronáutica: “Quando alguma coisa tem chance de dar errado, vai dar”.

Já a psicóloga Marina Junqueira, do Núcleo de Saúde do Tribunal, abordou em sua palestra a saúde do oficial de Justiça no ambiente do trabalho. Ela destacou a importância de o oficial registrar no TRT os acidentes de trabalho, ainda que não gerem licença médica, tanto para fins de futuros direitos previdenciários, como para ajudar o Núcleo de Saúde e Assistência Psicossocial a elaborar políticas de prevenção à saúde do servidor.

A servidora Elisângela Perussia, que é analista de Execução de Mandados na Vara do Trabalho de Mineiros, e participou do curso, achou de mais interessante no curso poder conhecer as experiências dos oficiais mais antigos, que têm muito a contribuir. Ela também elogiou o fato do curso ter sido à distância, o que possibilitou sua participação mesmo morando em Mineiros. “O curso foi fantástico, vou aproveitar tudo que aprendi. Tomara que tenha outros”, disse.
 
Com informações do site do TRT-18ª Região

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente:

Postagens populares

Vídeos: FENOJUS

Loading...