sábado, 26 de janeiro de 2013

MATO GROSSO: Homem tenta agredir policiais e oficial de Justiça, mas acaba preso

 
COM MARRETA

Jurandir Ferreira Aguero, 29, foi preso nesta quinta-feira (24) por policiais civis da delegacia de Brasnorte (579 Km a noroeste de Cuiabá) acusado de desacato e desobediência durante a entrega de uma decisão judicial de medidas protetivas, concedidas em favor de sua companheira. Os policiais faziam o acompanhamento do oficial de Justiça que fora a casa do acusado entregar a decisão judicial, mas tiveram que prender o acusado que ficou descontrolado e tentou agredi-los com marretadas. Ele acabou alvejado com um tiro na perna.

De acordo com a Polícia Civil, Jurandir ao ser informado dos termos da medida judicial, ficou inconformado, arrancou a notificação da mão do oficial e rasgou o documento. Segundo os policiais que participaram da ação. Ele ainda agrediu verbalmente os policiais e pegou 2 marretas de ferro com a intenção de agredir o oficial de Justiça e os policiais civis. Para conter o agressor, de acordo com a Polícia Civil, foi necessário um disparo com a arma de fogo que atingiu de raspão a perna do acusado.

A esposa do acusado relatou que ele é muito violento e quebra os móveis da casa com frequência. A vítima relatou ainda que o acusado, em mais um ato de crueldade, matou seu cachorro de estimação com golpes de martelo, pelo fato da companheira estar dando banho no animal e o almoço não estar pronto. Jurandir foi atuado em flagrante por desacato e resistência na delegacia de Brasnorte e depois foi encaminhado a Cadeia Pública local.

Fonte: Gazeta Digital

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente:

Postagens populares

Vídeos: FENOJUS

Loading...