quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Presidente do TJPB anuncia rede de alta velocidade para maior agilidade e ampliação do processo eletrônico

 
Oficiais de Justiça receberão aparelhos PDAs para utilização como GPS

O presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, Desembargador Abraham Lincoln da Cunha Ramos, reuniu a equipe de Tecnologia da Informação, juízes-auxiliares e algumas diretorias para anunciar as ultimas metas à frente do Poder Judiciário Paraibano. Uma delas, que ele considerou das mais importantes é a ampliação da velocidade da rede de internet de 2 para 350 megas, que além de integrar todos os fóruns da Capital às comarcas da Região Metropolitana de João Pessoa, dará uma maior agilidade aos processos e representará uma economia de 1 milhão de reais em apenas cinco anos.

O presidente explicou que a rede de alta velocidade, quando totalmente instalada no interior, irá propiciar a expansão do Processo Judicial Eletrônico(PJe) para todas as unidades judiciárias no Estado. “Atualmente, somente o Juizado Especial Cível de Mangabeira adota o PJe e com essa nova realidade chegará à Vara da Violência Doméstica contra a Mulher em Campina Grande.

O desembargador garantiu que até o dia 20 de janeiro, a rede já estará em funcionamento nos fóruns da Capital e, no mais tardar, no dia 28, será a vez de Campina Grande. “Com a instalação da rede, haverá uma integração instantânea entre as unidades judiciárias da região.
O anúncio foi feito, durante reunião do Comitê Diretor de Tecnologia da Informação (TI), do Tribunal de Justiça , para apresentar e consolidar os resultados do trimestre, em termos de metas programadas e alcançadas. Na ocasião, ele anunciou ainda, a instalação do sistema “Wi -fi” que beneficiou o Fórum Cível da Capital Anexo Administrativo, o TJ, a Corregedoria-geral de Justiça, a Escola Superior da Magistratura (Esma), e as comarcas de Itabaiana, Sousa, Patos, Cajazeiras, Guarabira, Cabedelo, Bayeux, Santa Rita e Campina Grande.

Uma outra iniciativa da atual gestão vai beneficiar todos os oficiais de Justiça na ativa e que cumprem mandados judicial. A partir do dia 18 deste mês, o tribunal vai disponibilizar um aparelho PDAs (Personal Digital Assistente), para uso como GPS. O equipamento foi doado pelo IBGE e deverá auxiliar o oficial na localização de suas tarefas nos bairros e localidades. Além desse benefícios, o presidente anunciou a nomeação de mais 30 servidores na área de Tecnologia da Informação e a aquisição de veículos utilitários “Doblô” para atender cada uma das comarcas que integram as circunscrições.

O diretor de Tecnologia da Informação do Tribunal de Justiça da Paraíba, José Augusto Neto apresentou n, na ocasião, um balanço das atividades do setor que no inicio da atual gestão apresentava 13 pendências junto ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e que foram cumpridas, faltando apenas a adequação dos contratos de TI .

Fonte: TJPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente:

Postagens populares

Vídeos: FENOJUS

Loading...