sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

CNJ: Eliana Calmon

A Corregedora Nacional de Justiça, Eliana Calmon, em entrevista coletiva, afirmou que não quebrou o sigilo bancário de todos os juízes brasileiros, apenas analisa a movimentação financeira dos juízes que foram superior a R$ 250.000,00 anuais.

Veja que o salário médio do juiz brasileiro é de R$ 20.000,00.

Considerando que o juiz recebe 13 salários anuais, a movimentação será de no mínimo R$260.000,00.
Imagine ainda que o juiz pode vender uma casa, um carro, ter uma poupança ou receber uma herança, etc.

Se todos que tiveram movimentação finaneira acima de R$250.000,00 ao ano teve o sigilo bancário quebrado, podemos afirmar com toda certeza que o CNJ QUEBROU O SIGILO BANCÁRIO DE TODOS OS JUÍZES BRASILEIROS E DE CENTENAS DE SERVIDORES DO JUDICIÁRIO.

A matemática não mente.

5 comentários:

Comente:

Postagens populares