quinta-feira, 17 de novembro de 2011

ALAGOAS: oficial de Justiça faz oito tentativas e não consegue intimar Collor


Rosane Malta Collor de Melo, ex-esposa do atual senador Fernando Collor de Mello, tenta receber na justiça alagoana uma dívida de R$ 280 mil, referente à diferença de valor da pensão paga pelo ex-presidente durante os últimos dois anos.

Conforme informações da Folha de S. Paulo, o Tribunal de Justiça de Alagoas fixou em 30 salários mínimos o valor da pensão, mas Collor, pagava um valor menor.  Com isso, Rosane está cobrando o valor retroativo da diferença não paga.

Um oficial de Justiça de Alagoas efetuou oito tentativas de notificar o Senador Collor (PTB-AL) ao longo dos últimos dois anos, mas não conseguiu êxito em nenhuma diligência.

Já foi bloqueado pela Justiça um imóvel de propriedade de Collor a fim de garantir o pagamento do débito, mas ainda não foi publicada a decisão.

Já a defesa de Collor afirma que o ex-presidente sempre pagou a pensão de forma correta e de acordo com o determinado pela Justiça.

2 comentários:

Comente:

Postagens populares