sábado, 12 de novembro de 2011

GOLPE: Falsos oficiais de Justiça tomam carro


Os dois acusados apresentaram um mandado de busca e apreensão falsificado e com erros de ortografia

Canindé. Uma nova modalidade de golpe foi descoberta pela Polícia do Estado do Ceará. Homens afirmando serem oficiais de justiça e com mandados de busca e apreensão falsos de veículos financiados, principalmente em São Paulo estão tomando veículos. Uma das vítimas foi o comerciante Antônio Sales de Paulo, residente em Canindé (a 120 Km da Capital).

Segundo o relato de Sales, ele recebeu recentemente a visita de duas pessoas se dizendo serem oficiais de Justiça da 4ª Vara Civil da Comarca de Guarulhos em São Paulo.

Mandado

Os homens apresentaram um mandado de busca e apreensão e levaram o veículo do comerciante. Depois de entregar a Montana de cor preta, placas DUM-3854 - Guarulhos -SP, ele resolveu procurar o Fórum Gerôncio Brígido com sede na cidade. Lá foi informado que a carta precatória de nº 555/18/2011 e o mandado de busca e apreensão nº 237118260001 datado de 7 de outubro de 2010, assinado pelo juiz Edilson Rodrigues Moura eram falsos. Eles levaram além do carro, os documentos e o carnê de pagamento das prestações com 20 parcelas que ainda restam ser pagas.

Até a placa da Montana colocada no mandado é falsa. A original DUM 3874 e a que cosnta no documento é DUM - 3854 de um Gol vermelho com placas de Guarulhos - São Paulo.

"Tenho consciência de que estou em dia com a financeira que comprei o carro”, disse Antônio Sales. Depois da consulta feita no Fórum, a Reportagem descobriu que o nome do juiz consta na lista de autoridades judiciárias na cidade de Petrolina em Pernambuco e não em São Paulo.

Quanto à Vara que traz o endereço no documento, o local em Guarulhos é de uma Vara da Família e não a 4ª Vara Civil. O que intriga as autoridades policiais que tiveram acesso ao documento falsificado é o número de erros exibidos na redação do texto, alguns muito grosseiros como a palavra ´altos´ do processo, em vez de autos.

"Na Polícia Rodoviária Federal, fui informado pelos Patrulheiros que o documento é falso. "Meu carro veio em uma transportadora com sede em Boa Viagem e para chegar até Canindé veio por terra", frisou Antônio Sales de Paulo. A vítima acredita que seu veículo foi levado para a cidade de Boa Viagem.

Investigação

Para policiais da região, as autoridades podem estar diante de mais um tipo de delito comando por organizações criminosas que chega ao interior do Estado e tem como alvo pessoas que transportam carros financiados de outros Estados para o Ceará. O caso será investigado pela Delegacia Regional de Canindé.

Fraude

20 parcelas do financiamento do veículo da vítima ainda não haviam sido pagas. Os golpistas levaram o carnê de pagamento, além de outros documentos.

2 comentários:

Comente:

Postagens populares