sexta-feira, 10 de agosto de 2012

TJMA reajusta auxílios alimentação, saúde e transporte

Indenização de Transporte para Diligências Negativas dos oficiais de Justiça passa a R$ 650,00

Guerreiro Jr reajusta valor dos auxilios alimentação, saúde e transporte dos servidores do TJ
Foram publicadas na edição desta sexta feira, 10, do Diário Oficial da Justiça as resoluções do Tribunal de Justiça do Maranhão, que corrigiram os valores dos auxílios alimentação e saúde dos servidores e magistrados e da indenização de transporte dos comissários e oficiais de justiça, acima da inflação acumulada dos últimos doze meses.

Os novos valores adotados são os seguintes: Auxílio Saúde – R$ 250,00 (duzentos e cinquenta reais); Auxílio Alimentação – R$ 462,00 (quatrocentos e sessenta e dois reais); Indenização de Transporte para as Diligências Negativas dos Comissários e Oficiais de Justiça – R$ 650,00 (seiscentos e cinqüenta reais). Os novos valores passam a vigorar a partir de 01 de setembro próximo.

“O presidente do Tribunal de Justiça, Desembargador Antonio Guerreiro Junior, atendeu uma justa reivindicação dos servidores, apresentada pelos dirigentes do SINDJUS–MA (Sindicato dos Servidores da Justiça do Maranhão), cumprindo assim com o que se comprometeu conosco no início do ano”, agradeceu Aníbal Lins, presidente do sindicato.

Aníbal Lins destacou ainda o papel decisivo do diretor financeiro do TJMA, Luiz Carlos Calvet, bem como de sua equipe, para o êxito das negociações. “Com certeza, nossa luta não se encerra aqui na busca da permanente valorização dos servidores para o engrandecimento da Justiça. Como também devemos registrar o papel relevante de todos aqueles que contribuíram para que alcançássemos mais esta importante vitória para classe”, declarou o sindicalista.

Para Emanuel Jansen, representante do SINDJUS-MA junto ao Núcleo de Planejamento Estratégico e Orçamentário do Tribunal de Justiça, o sindicato está cumprindo rigorosamente o calendário de negociação da pauta de reivindicações protocolada no início do ano junto à administração. “Além de garantir a reposição das perdas inflacionárias, conseguimos junto à presidência do Tribunal de Justiça esses ganhos importantes para a categoria. O próximo passo agora é definir o novo da GAJ (Gratificação por Atividade Judiciária) e trabalhar as metas para o orçamento de 2013”, finalizou.

Fonte: Assessoria de Comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente:

Postagens populares

Vídeos: FENOJUS

Loading...