quinta-feira, 21 de março de 2013

MINAS: Oficiais de Justiça ampliam a greve em Uberlândia

 “Estamos na democracia, no estado democrático de direito”, lembra uberlandenses

Veja, seguir, a nota de repúdio enviada pelos oficiais uberlandenses ao SINDOJUS/MG.

TJMG autoritário e opressor.

“Indignados com a postura e a decisão do TJMG na Ação Civil Pública movida contra os direitos trabalhistas e constitucionalmente garantidos dos servidores do estado de Minas Gerais, houve um aumento acentuado de adesão à greve, que saltou para 70% dos oficiais de justiça de Uberlândia. E neste momento passamos, imediatamente, a determinar 30% dos oficiais que estão em atividade para garantir a prestação das medidas urgentes (capituladas no art. 152 do Provimento 161 da Corregedoria).

 A luta para a efetivação dos nossos direitos contra um Tribunal opressor e autoritário só está começando. Estamos na democracia, estado democrático de direito, e não num reinado de uma justiça opressora e autoritária que esteja acima da ordem constitucional e da democracia, quer no setor privado, quer no setor público.

 Bola pra frente!”

Fonte: SINDOJUS/MG

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente:

Postagens populares

Vídeos: FENOJUS

Loading...